As 5 pessoas que convivem com você são cruciais para o seu sucesso

Por Evinis Talon
Veja os cursos com o prof. Evinis Talon: CLIQUE AQUI

Tradução, com adaptações, do seguinte texto (clique aqui)

Um dos sócios da minha empresa, Jeremy Weir, passou recentemente um final de semana com o cofundador da Uber, Ryan Graves, falando sobre mercados ascendentes e as mudanças que ocorreram no mundo dos negócios. Ele voltou da viagem renovado, com um sentimento de emoção, preparado para lançarmos uma nova ideia. Jeremy geralmente trabalha sozinho em um escritório remoto, mas a influência de Graves provou ser um grande trunfo.

Extrai-se, portanto, que o ambiente no qual você convive pode causar um efeito profundo sobre o empresário e, consequentemente, sobre o futuro de sua empresa. O renomado empresário Jin Rohn disse uma vez: “você é uma média das cinco pessoas com quem passa a maior parte de seu tempo”. Ou seja, as pessoas ao seu redor são extremamente importantes para que o seu negócio dê certo.

Você precisa de pessoas – sejam elas sócios, mentores, familiares ou amigos – que o desafiem e o tornem alguém melhor, aumentando sua capacidade de trabalhar, seu rendimento e o ajudando a manter-se motivado.

É fundamental analisar, de forma silenciosa, as pessoas que o cercam. Assim, você será capaz de entender a influência delas no seu desempenho. Como empresário, muita coisa estará em jogo se você deixar de fazer isso. Se alguém o põe para baixo e o desmotiva, você deverá afastá-lo de sua convivência, afinal, ela não poderá influenciar na sua energia, na sua visão de negócio e no seu sucesso final.

Faça um simples exercício: anote as cinco pessoas com que você gasta a maior parte de seu tempo. Atribua a elas um valor numérico de 1 a 10 e depois calcule sua média, sendo 10 a influência mais positiva possível. Como cada pessoa afeta sua média? Eles não precisam ser Elon Musk ou Dalai Lama, mas devem fazer você ser uma pessoa melhor, elevando seu pensamento e desempenho. Ao avaliar as cinco pessoas, considere o seguinte:

Olhe para fora de sua empresa.

Como Jeremy fez com Ryan, você pode precisar procurar uma pessoa (ou mais de uma) fora de sua empresa, como um mentor. Isso é muito comum entre os empresários bem-sucedidos. Por exemplo, o fundador da Nike, Phil Knight, inseriu o falecido Joe Paterno como seu herói.

Esteja aberto às mudanças.

Conforme você entre em novos ciclos, suas cinco pessoas podem mudar ou evoluir. Por exemplo, as cinco pessoas que te influenciaram no ensino médio provavelmente são muito diferentes das suas cinco pessoas de agora. Isso não significa que seus amigos do colégio precisam ser descartados, mas apenas que você deve focar seu tempo valioso em pessoas que o ajudarão a melhorar.

Analise você mesmo.

Seja consciente de quem você está ajudando e inspirando. A maioria dos relacionamentos são formados pelo que as pessoas fazem de melhor um pelo outro. O que você pode fazer para melhorar a vida ou o trabalho de alguém? Você está reduzindo a “média” de alguém?

Leia também sobre como praticar autopromoção sem ser irritante (clique aqui).